Como seria bom se as peças fossem perfeitas!

Resultado de imagem para cilindro cone circulo elipse

Como seria bom se as peças fossem perfeitas!

Você já imaginou se ao produzirmos uma peça ela fosse perfeita?

Que bom seria se elas não tivessem qualquer tipo de erro de forma, mas sabemos que isto é apenas um sonho.

Acontece que as empresas estão se dando conta quanto a importância deste controle e estão buscando cada vez mais se equipar com Tridimensinais CNC/Scanning, Medidores de Forma, Digitlizadores e equipamentos cada vez mais sofisticados.

É muito importante que o Metrologista esteja treinado e atualizado quanto as normalização referente a este tema, bem como saiba interpretar resultados e definir estratégias de medição adequadas.

Nestes anos todos já vi muitos técnicos falharem ao aprovar ou reprovar peças, não considerando a geometria da peça e não estimando uma incerteza de medição adequada.

Os erros geométricos impactam diretamente nos resultados e a forma de definilos segue regras que variam dependendo do tipo de peça e de suas referências espaciais.

Sabe quantos pontos devem ser definidos para gerar estes elementos?

A norma BS7172: 1989 recomenda o número de pontos apalpados por elemento:

Não recomendo máquinas de medição manuais para a medição de erros geométricos, pois a amostragem de pontos é muito pequena e acaba não representado a forma real da peça, sem contar o problema da falta de repetibilidade.

Veja a seguinte comparação no caso de medições com tridimensional manual x CNC:

Scanning-Produktivität

Tempo de medição:

Manual: 8 pontos em 15 segundos

Scanning: 1000 pontos em 12 segundos

Então a dica é investir em equipamentos qualificados e capacitar pessoas, pois somente assim você ficará tranquilo quanto a qualidade das suas medições.

Os softwares das Tridimensionais possuem equações matemáticas inseridas que definem estes elementos, mas o ideal é antes de programar uma medição fazer alguns testes para se certificar que a sua medição esta correta.

Além de saber utilizar os recursos de software é importante o técnico saber calcular os elementos matemáticamente, visando validar os cálculos e o programa antes da sua implementção.

Um livro muito interessante para você se interar de como os elementos são criados é o Geometria Analítica – Steinbruch e Winterle.

Então pessoal espero que tenham gostado deste artigo e fico a sua disposição, caso deseje trocar alguma ideia sobe este assunto.

Forte Abraço!


Autor: maurocduarte

25 anos de experiência na área da Qualidade. Atuação como treinador, consultor e auditor líder, participou ativamente do processo de Acreditação de laboratórios junto ao INMETRO em diferentes grandezas. Como consultor apoiou laboratórios mecânicos e físico-químicos a obterem a Acreditação junto ao INMETRO e a RMRS, bem como deu suporte para empresas se adequarem aos requisitos da norma ISO 9001:2015. Administrador e empreendedor, fundou a Metroquality Metrologia e Ensaios e posteriormente a DH10 Quality (Certificada ISO 9001:2015 pelo BSI British Standards Institution). Formado em Recursos Humanos pela UNISINOS e MBA em Treinamento e Liderança pela Universidade do Norte do Paraná. Idealizador das Especializações em Metrologia e Qualidade (EMC/EMD/EFQ), tem como propósito disseminar o conhecimento através de treinamentos focados nas reais necessidades dos clientes. Credenciado pela Associação Internacional de Treinamento (Registro: 3718) e Business Partner da empresa Alemã Carl ZEISS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s