O Brainstorm ainda é uma excelente alternativa!

Você já realizou um Brainstorming com a sua equipe?

O Brainstorm é um método que permite gerar de modo rápido, criativo e eficaz, um grande número de ideias, relacionadas a solução de um problema ou projeto de melhoria.

Esta técnica foi desenvolvida em 1950 por Alex Osborn para uso em publicidade.

Somente após a geração de um número suficiente de ideias é que se fará o julgamento de cada uma.

Para que serve de fato?

É uma técnica para auxiliar as pessoas de um grupo a expressar ideias, possibilitando uma melhor avaliação de uma determinada situação ou processo.

Osborn defende que a quantidade de ideias origina qualidade.

Regras para um Brainstorming de qualidade:

– Proibido qualquer crítica ou inibição.

– Ideias tolas ou irracionais não podem ser criticadas.

– Boas ideias não são elogiadas.

– Deixar as pessoas sem medo de “dizer uma bobagem”;

– Quanto mais ideias, melhor;

– Seja específico;

– Todos devem participar e para facilitar o processo podem ser utilizados materiais de apoio, tais como um flip chart e postites;

– Fale a primeira coisa que vem à cabeça;

Como deve ser estruturado o uso da ferramenta?

  1. Escolhe-se um coordenador e um secretário;
  2. O coordenador apresenta o tema e o tempo definido;
  3. A sessão é iniciada e os participantes começam a citar suas ideias e o secretário registra em uma lista com as mesmas palavras do proponente;
  4. Após esgotado o tempo inicia-se a seleção das ideias;
  5. Analisa-se as diversas sugestões, classifica-se e forma-se grupos de ideias e em seguida elabora-se uma ideia central para cada grupo.
  6. Redundâncias são descartadas e algumas ideias não são aproveitadas;
  7. Democraticamente a equipe elabora uma lista com as ideias finais.
  8. Após realiza-se um 5W2H visando implementar as ações.

Para concluir a dica é que as ideias sejam expostas de maneira clara e objetiva e criticas ou elogios as ideias sejam evitados;

É fundamental que o processo de comunicação seja focado na solução e não no problema, devendo se evitar histórias longas ou assuntos não relacionados ao tema em questão.

É importante que perguntas e respostas sejam objetivas, pois desta forma certamente você terá sucesso no uso desta ferramenta.

Você gostou desta ferramenta?

Pretende utilizar nas suas próximas reuniões com a sua equipe?

Se gostou do assunto por favor marca aqui nos comentários um colega seu que possa se interessar pelo assunto;

Forte Abraço

 

Meta Smart

O blog Qualidade em Foco está no ar e para expressar claramente os nossos objetivos, vamos iniciar as nossas atividades utilizando uma ferramenta muito útil para área da qualidade, especificamente para definir metas de melhorias e implementação de ações.

Você já ouviu falar do método Smart?

Esta metodologia foi criada por Peter Drucker, conhecido como o pai da moderna gestão de empresas. Mas, o que é exatamente esse método?

Profissionais da Qualidade, para terem sucesso em suas atividades, precisam ter objetivos bem estruturados e uma equipe bem focada. Essas metas devem seguir alguns critérios para que sejam elaboradas de forma clara, pois caso contrário, não serão executadas e, aí, vem a decepção e a ineficiência do trabalho.

No método SMART, metas e objetivos são definidos de forma bem articulada para permitir avanço. Para estruturar essas metas, ao invés de dar uma definição superficial do que o colaborador ou a equipe devem realizar, são utilizados cinco etapas com estimativas reais. São elas: Específico (S), Mensurável (M), Atingível (A), Relevante (R) e Temporal (T).

Cada uma dessas etapas ajuda a equipe a definir ações de forma mais estratégica, considerando, também, todas as informações disponíveis que podem se originar de diferentes fontes, tais como idéias oriundas de reuniões de rotina ou do planejamento estratégico, auditorias internas e externas, bem como de análises críticas.

Recentemente visitei uma grande Multinacional Americana, situada em Gravataí/RS e identifiquei nos seus registros de Tratamento de Não Conformidades o uso desta metodologia para clarificar e descrever metas de solução.

A meta SMART é um método criado para auxiliar na definição e alcance de melhores resultados.

Vamos detalhar melhor o significado de cada palavra que contempla este método:

Criar metas que forneçam margem para diferentes interpretações, prejudicam o entendimento e, tornam mais difícil a sua execução. Quando a equipe definir um objetivo ou meta, deve realizar isto de forma bem específica, ou seja, não basta apenas falar “disseminar o conhecimento na área da qualidade” sem especificar como fazer isso.

Podemos ser mais claros:

A equipe da DH0 tem como meta “disseminar o conhecimento na área da qualidade através de artigos, cases e vídeos, publicados no bloq Qualidade em Foco.

Definir números e indicadores são importantes, pois, a partir deles conseguimos mensurar se estamos conseguindo ou não o que pretendemos.

Podemos utilizar como exemplo que desejamos com este blog, atingir no mínimo 12.000 pessoas que desejam se aperfeiçoar na área da qualidade.

A meta deve ser realista, mas desafiadora, isto é, precisa tirar as pessoas da zona de conforto, mas ser executável. Muitos lideres criam metas inatingíveis e isto gera frustração.

Considerando o propósito do nosso blog, acreditamos ser factível, atingir a nossa meta, pois estamos convictos de que existe uma procura muito grande por aperfeiçoamento neste segmento.

Um outro fator que impacta muito na execução da meta é se ela é ou não relevante e se ela fará ou não diferença.

A equipe considera que esta atividade será de extrema relevância para todas as partes interessadas.

Perceber que o nosso esforço está impactando o sucesso de outras pessoas interessadas é fundamental para a nossa equipe.

O prazo para cumprir a meta é de extrema importância.

Toda meta deve ter um tempo para ser executada, mesmo que esse período seja flexibilizado. Trata-se de uma forma de registrar agilidade e de se planejar para novas metas.

Desta forma finalizamos a descrição da Meta do nosso Blog Qualidade em Foco:

Disseminar o conhecimento na área da qualidade através de artigos, cases e vídeos, publicados no bloq Qualidade em Foco, para no mínimo 12.000 pessoas, que desejam se aperfeiçoar na área da qualidade, certos de que existe uma procura por aperfeiçoamento neste segmento e de que esta atividade será de extrema relevância para todas as partes interessadas. Desejamos atingir estas pessoas no prazo de 1 ano.

Agora que você já sabe como funciona esta ferramenta você pode utilizar na definição das suas próximas ações. Tenho certeza que a sua equipe irá gostar, clarificar os seus objetivos e se engajar na realização dos desafios propostos.

Espero que tenham gostado deste nosso primeiro conteúdo.

Contamos com a sua participação através de comentários e sugestões de novos temas para abordarmos aqui.

Forte abraço e em breve teremos mais conteúdos sobre Qualidade.